No dia a dia nos deparamos sempre com notícias dizendo que os pitbulls e rottweilers são perigosos, mas alguma vez alguém se perguntou:
Aonde vivem?
Como são alimentados?
Como são tratados por seus tutores?
É fácil julgar e criar um estigma para as raças, mas, na verdade, não é a raça que é perigosa, mas, na maioria das vezes o ambiente em que vivem e a forma como são tratados pelos seres humanos. Conheço dezenas de pitbulls e rottweilers que são mais dóceis que muitos outros de raças menores.
A maneira com que são criados, sua genética (todas as raças tem o mesmo potencial de serem agressivas ou não), o ambiente em que vivem (um animal que passa todo o tempo num canil desenvolve um maior potencial de agressividade por estar confinando, sem passeios, sem carinho, sem atenção, sem amor).
Se nos colocarmos na mesma situação que eles, isto se chama empatia, e sentirmos suas dores, suas tristezas, sua monotonia, vamos entender que precisamos tratar de nossos anjinhos com mais amor e respeito como gostaríamos de sermos tratados. E isto não se trata de uma obrigação e sim de um dever com estes anjinhos que nos protegem com sua vida se for preciso. Eles tem um amor incondicional por nós. E nós fazemos o quê em contrapartida? Vamos refletir um pouco e veremos que eles tem o maior amor do mundo por seus tutores, são fiéis, companheiros, não julgam e em troca só merecem amor, respeito e alimentação adequada.
A sociedade tem este preconceito em relação as raças porque desconhece o que está por trás do comportamento destes anjinhos.
Existem tutores maravilhosos, e, também os que agridem e instigam a violência dos animais, em qualquer espécie. Dentro deste padrão de criação eles se tornam bravos, porque são incentivados por seus tutores a este tipo de comportamento.
Aí eu pergunto são os anjinhos ou os tutores os verdadeiros culpados pela violência?
O que vemos hoje são seres humanos se desequilibrando e agredindo mulheres, estuprando crianças, entre outros comportamentos desprezíveis.
Como podemos querer que estes sejam bons tutores?
Se uma pessoa é capaz de agredir um animal e ainda o faz na frente de seus filhos que exemplo de comportamento e educação está dando para o futuro deles?
O exemplo vem de casa e quando os tutores ensinam seus filhos a cuidarem bem dos animais estão criando seres humanos melhores para o futuro.

Madá (Rottweiler da minha cliente)

Beethoven (meu anjinho mestiço de Pitbull resgatado de maus tratos violentos)

Gratidão a todos os tutores e seus anjinhos,

Simone Hasenauer
Terapeuta Animal (Reiki, Fitoenergética, Comunicação Intuitiva Animal)
Terapeuta Holística (atendimento aos tutores com Reiki, Fitoenergética)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial
Facebook
Instagram
WhatsApp chat